segunda-feira, 7 de abril de 2008

Chuva


Hoje amanheceu chovendo...
Amanhã quem sabe, chover
Quando isto acontece,
Deve naturalmente ser...
Salpicos de água
Que do céu vão caindo
Faz crescer as plantas
Que da terra vão surgindo...
Queira a chuva dançar
Para mais tarde correr
Quando ela cair
Vai surpreender!

4 comentários:

Nelio disse...

Muito bemmmmmmmmm bem bonito...

espirito disse...

Chuva... são lagrimas caídas dos Céus
Lagrimas... são sorrisos que ficam por nascer
Sorrisos... é chuva que dá cor à vida
Cor...sobresaí depois da chuva
E entre chuva de lagrimas e sorrisos coloridos brota a secreta esperança de uma flor ainda criança

Florescer disse...

Bé, já tou pior que o Nélio...
Muito Bemmmmmmmmmmm...
Não te sabia tão poetisa...
Não me tinhas falado dos cafés que tomaste com o Fernando Pessoa, ou foi Camões?

Beatriz disse...

Oi,Florescer, fiquei muito feliz com sua visita,obrigada, obrigada pela visita e pelos elogios. Dei uma passagem pelo seu blog, além de bonito e interessante ,muito romântico. Isso nos passa ,ser você uma eterna apaixonada,e isto nos faz muito bem .
Até breve !