terça-feira, 6 de maio de 2008

Ornithogalum Thyrsoides


Apesar do nome, são de uma graciosidade inexplicável...
Começam a das florinhas de baixo para cima, durando algum tempo até chegarem ao fim.
São bolbosas e ainda por cima oferecidas...
Quando as recebi, não fazia ideia do que se tratava... depois de andar à procura... lá encontrei o verdadeiro nome destas preciosidades...
Existem de outras cores mas não são tão fáceis de encontrar...

14 comentários:

Nelio disse...

Aqui chamamos de "torrões de açucar" ou ainda de "alhinhos"é muito vulgar pelos nossos jardins e como não podia deixar de ser no meu também marca a sua bela presença depois mostro.....è ainda muito vendida como flor de corte aos molhinhos dura,dura duraaaaaaaaaaaa

Sweet disse...

Quem diria que ia conhecer o blog de uma "vizinha" através do Nélio, pois é em Porto de Mós cham-lhe "lágrimas de mãe"...

Florescer disse...

Nélio, essa de torrões de açúcar... não percebi... é doce?
Não! Então?
Alhinhos, bom já é outra coisa... pois é parecido.
Cá é conhecida como flor de mãe...
Talvez por dar as flores nesta altura, percebes??
Beijokinhas.

Sweet, eu já tinha visto o teu blog, já andei por teus caminhos e andanças, por isso sabia que és de pertinho de mim...
Obrigada por estares aqui e vem sempre que quiseres que eu faço o mesmo, ok?
Bjks ;o)

Cris Bolbosa disse...

Olá Florescer
Por aqui tb estão em flor, tb tenho uns laranja, mas já deram flor. Há uns maiores, penso que os O. dubium, tb são muito bonitos.
Mas, um outro que me encanta é o O. narbonense, silvestre, muito simples, mas de uma beleza estonteante. O que é que queres, adora as flores silvestres!
Jcas bolbosas
Cris

Espaço do João disse...

O seu nome, deriva de pássaros cantantes. São realmente muito bonitos e há-os em diversas cores. Por acaso não tenho nada dessa espécie mas aprecio muito.

Florescer disse...

Cris, foi por tua causa que descobri o nome destes amores... é que foram oferecidos e ñão sabia o nome... ontem quando deambulava no teu jardim descobri! Fiquei tão contente, parecia uma criancinha...
Que queres? Ás vezes sou um pouco doidinha...
Mas agradeço-te por isso, tá?
Beijinhos.

Cris Bolbosa disse...

Não sejas tonta, agradecer-me? nem penses! Afinal, não é esse o nosso objectivo, partilharmos as nossas plantas?
Olha, e digo mais (adorei a expressão "deanbulava no meu jardin"), dizia, e digo mais... queres um cor de laranja? Não aceito um não!
E já agora aproveito para informar o João que tenho um em flor mesmo ao lado das suas fedorentas e faço questão de lho oferecer.
Assim que derem para tirar da terra, aviso, ok?

Florescer, sabe tão bem saber que tenho pessoas como tu a "deambular" no meu jardim:)
Bjcas grandes

Florescer disse...

Cris, SIM, não digo mais nada!!!
E adoro andar a deambular nos jardins de todos os nossos amigos do coração...
São vós que por vezes nos fazem levantar para cima, quando tudo por vezes parece uma tempestade...
Certo??
E tu tens estado bem??
Bijokas do tamanho do Universo!

Beatriz disse...

Florescer, mas o que é isso, uma flor tão linda, com um nome tão extravagante. Será um elogio?
Beijos!!!!!!

Florescer disse...

Beatriz - não, não é elogio... é o nome dela, eheheh...
Nós cá é que lhe damos um nome diferente... mais a ver com ela...

Sweet disse...

Espero que tenhas gostado da visita... és sempre bem vinda...

Jardineira aprendiz disse...

É linda, mesmo antes de abrir a flor, os botões já são uma graça! Eu só a conheço dos jardins vizinhos, o meu jardim está uma desordem e eu não tenho tempo para cuidar dele, mas um dia ainda quero trazê-las para casa!

leonor disse...

Menina "Florescer", estou à espera que cumpras a tua promessa e me ofereças uma "batitinha" destas flores tão lindas...rs
beijocas

Katia Horn disse...

Muito graciosas!! aqui no Brasil nunca vi...por isso é tão bom passear em jardins de outros continentes, pra conhecer as flores que não temos como ver no nosso...
beijos